O que é o abuso obstétrico? 

 

O abuso obstétrico consiste na intervenção clínica sobre a grávida/parturiente/puérpera, ou sobre o seu bebé, sem informação prestada à mulher alvo de intervenção e/ou sem o seu consentimento prévio, ou com consentimento prestado sob qualquer forma de pressão ou contra-informação, o que constitui, por si só, uma forma de abuso.

 

Evite o abuso obstétrico.

É possível prevenir o abuso obstétrico. A chave é a informação.

 

Reconheça e enfrente o abuso obstétrico.

É possível ultrapassar uma situação de abuso obstétrico. A chave é a partilha.

 

BEM-VINDO!

 

Fórum Mal Me Quer

Data 08-10-2011

De Sílvia Roque Martins

Assunto Re:Perguntas

Responder

Tem toda a razão, Paula. É sobretudo de uma questão de Direitos Humanos que estamos a falar e também de uma questão de saúde pública, já que arriscamos a saúdem e bem-estar de bebés, mães e famílias inteiras. Quando o parto não é respeitado na sua fisiologia e intimidade, é o mundo que embrutece, empobrece e se fragiliza. Que podemos fazer? Divulgar o trabalho do Mal Me Quer é um grande passo. Depois, individualmente, todos podemos fazer o nosso trabalho junto dos que temos por perto e fazendo saber aos profissionais de saúde menos respeitadores que somos capazes de identificar más práticas e não as consentiremos sobre nós próprias ou sobre os nossos filhos. O consentimento e recusa informados continuam a ser fortalezas que nos defendem, mas que poucas mulheres usam ou sabem usar.

Obrigada pelas suas palavras, Paula.

Um beijinho.

Data 28-09-2011

De Paula de jesus de Abreu Correia

Assunto futura mãe

Responder

Vou ser mãe, e estou a me informar sobre parto natural, não quero parir no hospital porque no hospital não fazem parto natural, só sabem acelerar o parto e cortar. Tenho a certeza que se for para o hospital não me vão deixar fazer um parto natural, vou ser humilhada e vou ouvir comentários de gente que, não têm respeito pelo nascimento de um ser humano que eu acho que um momento sagrado.

ADVERTÊNCIA IMPORTANTE:

As mentoras do "projecto mal me quer" não são profissionais de saúde. Todo o conteúdo deste site tem carácter meramente informativo e não substitui o acompanhamento técnico e profissional especializado.

EDITORIAL

Parto Domiciliar - Quando a fuga em frente nos deixa em casa

10-10-2011 11:29
O ARTIGO começa em tom ligeiro, tão ligeiro que, de início, ninguém adivinha o rumo que o desabafo vai tomar. Começa com um sorriso suspirado, para acabar numa estrondosa bofetada. São as palavras e a frontalidade de uma mãe que assim desmonta a hipocrisia e o cinismo da assistência ao parto em...

Livro de Reclamações – uso se o caso é de abuso

20-04-2011 01:04
Ao longo de quase um ano de actividade, o Projecto Mal Me Quer tem procurado deixar claro que o abuso obstétrico, tanto quanto possível, deve ser evitado, quer por via da busca de informação que torna a mulher mais consciente dos seus interesses e Direitos, quer por via de uma conveniente...
Todos os artigos

DIZ QUEM SABE...

Para aqui virão os testemunhos/vozes de apoio, de carisma e competência reconhecidos. E são já muitos os que querem bem ao "mal me quer". Novidades em breve.

 

free counters